26/07/2022

REUNIÕES EM PROL DO HUL

Diante do grande volume de denúncias e ouvidorias referente à

Diante do grande volume de denúncias e ouvidorias referente à superlotação e subdimensionamento do Hospital Universitário de Lagarto, especificamente da unidade pediátrica, o Conselho Regional de Enfermagem realizou mais uma ação de fiscalizações no local e constatou os problemas descritos.

Após isso, o Coren Sergipe, na pessoa do presidente do Coren/Se, Dr. Conrado Marques, e o procurador jurídico do Coren/Se, Dr. André Kazucas, reuniu-se junto ao Ministério Público Federal, no dia 19/07, para alinhar ações conjuntas entre o Conselho de Medicina e o MPF, diante de tal demanda do Hospital Universitário de Lagarto. O intuito é unir as instituições para viabilizar novos caminhos no sentido de resolver o subdimensionamento que impacta na assistência da saúde da população. Pois, conforme relatório de fiscalização o exercício profissional da enfermagem encontra-se comprometido na sua forma ética e segura.

O presidente do Coren/Se, Dr. Conrado Marques, afirmou que “a situação do Hospital Universidade de Lagarto está insustentável.” e a Procuradora da República, Aldirla Pereira de Albuquerque, registrou a necessidade de preenchimento imediato das vagas em aberto do HUL.

Além disso, o presidente e o procurador receberam, em mais uma reunião, realizada na sede do Coren/Se, no dia 20/07, os profissionais de enfermagem do Hospital para ouvir mais detalhes das denúncias. O próximo passo será na próxima segunda-feira, 25/07, uma reunião com o MPF, CRM, SES e COREN/Se, no intuito de resolver as questões do HUL.

O Coren/Se, por meio de sua plenária, já iniciou o processo de interdição parcial do Hospital Universitário de Lagarto.




  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117