31/05/2019

Protagonista da Enfermagem Sergipana

Enfermeira, Maria Pureza Ramos de Santa Rosa.

A escolha do Protagonista da Enfermagem Sergipana deste mês de maio, tem um significado especial por se tratar de ser o mês da Enfermagem, em que se comemora o Dia do Enfermeiro (12) e do Auxiliar e Técnico de Enfermagem (20), datas nas quais ocorreram, respectivamente, em 1820 e 1880, o nascimento de Florence Nightingale e o falecimento de Ana Neri.

A enfermagem é a segunda categoria com maior número de profissionais no Brasil, ultrapassando 2 milhões segundo dados do Conselho Federal de Enfermagem. Uma oportunidade, e eles deixam sua marca registrada quanto a qualidade prestada da atenção a saúde. Não é exagero falar que as pessoas que se dedicam ao exercício da enfermagem são sensíveis e altamente comprometidas com a saúde do paciente, da família e da sociedade.

A nossa protagonista é uma profissional que não mede esforços na sua incessante busca por uma educação de excelência na graduação em enfermagem no Estado de Sergipe. Membro da Câmara Técnica de Educação e Pesquisa (CTEP) do Cofen, ela nasceu no dia do Enfermeiro e dos 33 anos dedicados à Enfermagem, destes, 19 anos exclusivamente no ensino superior.

Maria Pureza Ramos de Santa Rosa acredita que a educação reconstrói trajetórias de vida, muda realidades e que o desempenho profissional de enfermagem salva vidas, “Em algum momento na vida, todas as pessoas terão a experiência de conviver com o profissional enfermeiro e se confortaram por sentir a confiança, vistas a competência técnica e sócio emocional para o cuidar pessoas e serviços de saúde. Eu sempre me orgulhei muito de ser enfermeira e da função social que nós temos!”.

Uma de suas grandes preocupações é em relação a qualidade da formação dos enfermeiros. Para ela, “O enfermeiro precisa entender a importância, a indispensabilidade e a grandeza que ele tem frente a assistência a saúde do seu paciente”, disse nossa protagonista.

Durante a entrevista ela relatou que está propondo aos docentes da Instituição de Ensino a qual coordena, um olhar diferente sobre a filosofia da Enfermagem para que os novos profissionais possam ter uma compreensão melhor do que de fato é a profissão. “A maior relevância profissional está em atender as necessidades de saúde do paciente, e em desenvolver uma relação de confiança com a presencialidade”, disse Maria Pureza, enfatizando que “o resultado dessa assistência é o que nos move enquanto profissionais, o cuidado do paciente”.

 

A trajetória

Maria Pureza é filha, mãe, avó, professora, coordenadora de cursos de graduação e pós-graduação em Enfermagem da Universidade Tiradentes (Unit), mestre em Saúde e Ambiente, doutoranda em Educação, líder do Grupo de Estudos em Enfermagem (GEE), membro de Grupos de Pesquisa Sociedade e Educação da Unit, e presidente do Colegiado e Núcleo Docente Estruturante e da Associação Brasileira de Enfermagem secção Sergipe (ABEn-SE).

É natural de Campo Maior no Piauí, aos três anos de vida sua família decidiu mudar-se para Ilhéus na Bahia. Em 1986 formou-se em Enfermagem pela Universidade Católica de Salvador (UCSal). Lá, ela foi enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus, da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), trabalhou Centro de Atendimento Especial (CAE II), no Hospital e Maternidade Santa Isabel/BA e iniciou sua carreira como docente na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Em 2002, mudou-se para Aracaju/SE e por ser enfermeira sanitarista, aqui ela atuou em uma Unidade Básica de Saúde participando ativamente da implantação do Programa de Saúde da Família e em 2005, recebeu o convite para coordenar o curso de Enfermagem da Unit.

ABEn – Após receber o convite em 2006 para fazer parte da 67ª Semana Brasileira de Enfermagem, ela passou a ser membro associada da seção Sergipe, em 2014 se tornou presidente da ABEn/SE, reeleita para 2ª gestão 2016 – 2019.

Compromisso, empreendedorismo, enobrecimento, fortalecimento e crescimento são adjetivos que definem esta grande mulher. Ela é sinônimo de seriedade por sua incansável busca pela excelência da Educação em Enfermagem em Sergipe e no Brasil, e merece nosso respeito e reconhecimento social.

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117