26/02/2019

Protagonista da Enfermagem Sergipana

Auxiliar de Enfermagem, André Luiz de Jesus Góis.

Os profissionais de enfermagem se dedicam a promover, manter e restabelecer a saúde das pessoas, trabalhando em parceria com outros profissionais da saúde. Eles são indispensáveis nas unidades de saúde da rede pública e particular. As atividades da enfermagem estão interligadas com a política global de saúde.

No mês passado, o Coren-SE criou o quadro “Protagonista da Enfermagem Sergipana” para homenagear os profissionais que se destacam em nosso estado. O protagonista deste mês de fevereiro é um auxiliar de enfermagem cheio de atitude. André Luiz de Jesus Góis é um profissional sereno, observador e que não mede esforços para buscar o conhecimento.

Com o objetivo de interligar a Enfermagem à Tecnologia, ou seja, informatizar diversos processos de trabalho da enfermagem, ele que também é estudante de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, criou um aplicativo para orientar qualquer pessoa que busque ampliar seus conhecimentos acerca das vacinas disponibilizadas pelo Governo Federal. O aplicativo é o “Calendário de Vacinação” e pode ser baixado gratuitamente no sistema operacional Android.

André Góis é a prova de que o profissional de enfermagem é sim, um protagonista de grande peso para a saúde no nosso país!

Agregou a Tecnologia da Informação à Enfermagem

“Desempenho minhas atividades de forma responsável e coerente, sempre dou meu melhor. Gosto da minha profissão, mas também sou apaixonado pela tecnologia da informação”, disse André enfatizando que o saber da Enfermagem deve ser nutrido por técnicas e tecnologias produzidas em sua práxis.

Parte integrante do Programa Nacional de Imunizações (PNI) – que organiza toda política brasileira de vacinação – a enfermagem exerce um papel importantíssimo no tocante às imunizações, pois uma das suas especificidades é monitorar todos os aspectos técnicos e operacionais da sala de vacina. Por trabalhar tantos anos neste segmento, o auxiliar de enfermagem resolveu criar o aplicativo.

“Quando eu percebi que poderia fazer algo para facilitar minha rotina na Enfermagem, achei interessante desenvolver o aplicativo e disponibilizar para que outras pessoas, principalmente meus colegas de profissão, tenham acesso”.

Ele ingressou na Enfermagem aos 18 anos de idade, após sua mãe matriculá-lo no curso de níveo médio. Há 15 anos é servidor da Prefeitura Municipal de Aracaju e atualmente exerce suas competências na Unidade de Saúde da Família (USF) Ávila Nabuco e no SAMU Sergipe.

 

Fonte: Ascom Coren-SE

 




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117