26/07/2022

PRIMEIRO ATO DE DESAGRAVO PÚBLICO DO COREN/SE

O Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe realizou o primeiro

O Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe realizou o primeiro Ato de Desagravo Público da história do Conselho.

Em resposta ao ato de desrespeito contra à profissional da enfermagem, realizado pelo profissional de medicina, onde a profissional enfermeira, lotada na Clínica de Saúde da Família 24 horas Dr. Eldézio Vieira de Melo, na cidade de Rosário do Catete, foi ofendida, injuriada e desrespeitada em suas prerrogativas profissionais durante o exercício de suas funções. Abusos deste tipo são eticamente inaceitáveis, e trazem transtornos psicológicos graves ao ofendido, além de ser considerado crime, o Coren/Se denunciou junto ao Conselho Regional de Medicina de Sergipe, ao Ministério Público e a Secretaria de Saúde do Município de Rosário do Catete, a conduta do profissional médico para que seja apurado e realizou o Ato de Desagravo Público no dia 21/07, às 9h em frente à UPA Dr. Eldézio Vieira de Melo em Rosário do Catete. Estiveram presentes, junto aos moradores e funcionários de Rosário, o presidente do Coren/SE, Conrado Marques, os conselheiros Marcel Azevedo, Cícero Marcondes, o chefe do departamento de fiscalização, Evaldo Filho, a membro da comissão de ética, Lais Ribeiro e o procurador geral do Coren/SE, Dr. André Kazukas.

O Coren-Se reforça a importância de que denúncias como essa sejam sempre feitas pelos profissionais que sofrerem ofensas, desrespeito, assédio ou injúria durante o exercício de sus funções de trabalho e reafirma o seu compromisso ético com todos os profissionais da enfermagem.




  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117