28/07/2020

Pres. do Coren-SE participa de Live sobre desafios do Conselho diante da pandemia

Bate-papo virtual falou das situações encontradas, bem como iniciativas que a autarquia tem adotado para auxiliar os profissionais de enfermagem

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE), Diego Rafael da Silva Borges, participou nesta terça-feira, 28/07, da Live (videoconferência) realizada pela Constat Educação e Saúde. O tema abordado foram os desafios do Coren-SE diante da pandemia do novo coronavírus (Covd-19).

A presidente do Grupo ProVida, Ivana Torres, foi a mediadora da transmissão virtual e explicou o motivo pelo qual escolheu o representante do Coren-SE para participar do encontro. “Convidamos você, nesta fase que estamos passando hoje, para falar como tem sido esta pandemia dentro desta instituição que representa o nosso grupo em Sergipe. Vemos que a enfermagem é bem representada com vocês”, explicou.

Diego Rafael agradeceu pelo convite e relembrou, ainda no início da transmissão, de sua experiência de 10 anos de atuação em Sergipe, passando pelas áreas da Atenção Primária e demais programas ocupando cargos de gestão, dentre outras experiências. “E me sinto feliz e lisonjeado em participar com você (Ivana Torres), que é uma referência para mim e demais colegas que atuam na gestão. Sabemos que as coisas têm bom êxito quando você está à frente”, retribuiu Diego, que relembrou da participação da anfitriã em eventos do Conselho.

Na Live, Diego tratou rapidamente sobre os serviços prestados pelo Coren-SE aos mais de 25 mil profissionais de enfermagem. “Estes são inscritos, mas não quer dizer que todos estão no mercado. Após este processo que estamos vivenciando a demanda de contratação tem aumentado e, com isso, é maior número de solicitação de inscrição no Coren-SE”, explica. Na ocasião, ele falou das novas diretrizes de transparência adotadas pela atual gestão do Conselho, desde 2018, postando com clareza dados no endereço www.coren-se.gov.br .

Dentre os pontos tratados estavam as modificações que o Coren-SE vem realizando, há algum tempo e, principalmente, durante a pandemia. Dentre as adequações estão as fiscalizações, que mudaram a plataforma de atuação, tornando-se mais intensas. Agora, ao invés de fiscalizações de rotina e retorno, o que se percebe são ações voltadas para denúncias e com foco nas situações atuais das instituições de saúde.

Além disso, o presidente do Coren-SE, abordou sobre a adoção de novos serviços digitais para facilitar os registros dos inscritos; falou da adesão da Cota Única, que garante que o profissional com mais de uma inscrição pague apenas a anuidade da categoria de maior valor; das mais de 3.000 capacitações realizadas pela atual gestão da autarquia; das doações de máscaras N95/PFF2, por parte do Conselho; e dos canais colocados à disposição dos profissionais de enfermagem para garantir comunicação efetiva.

“Outra preocupação nessa pandemia, ao inserir os profissionais no mercado, era a condição financeira. Com ampla discussão, o Cofen foi sensível e determinou que as taxas de emissão de carteira e de inscrição fossem cobradas a posteriori, quando voltássemos ao atendimento presencial. É nas adversidades que crescemos, quando somos provocados e temos que nos reinventar”, revela.

O bate-papo virtual ainda falou dos dados sobre profissionais com exames positivos e óbitos pela Covid-19 em Sergipe. Discutiu ainda como o Coren-SE tem se aproximado dos profissionais neste momento, sobre as situações encontradas, bem como a forma que o Coren-SE acredita que será o “novo normal” para a enfermagem no Estado.

 

Para conferir a Live na íntegra, acesse o perfil @constateducacao no Instagram.

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117