06/08/2019

Oficina de Registros de Enfermagem dá início as atividades do 11º Senafis

Aproximadamente 150 participantes atualizaram o conhecimento acerca das legislações e normas do Cofen.

Cleide Mazuela durante palestra.

Profissionais da enfermagem sergipana, enfermeiros fiscais e conselheiros regionais de todo o Brasil participaram na manhã desta segunda-feira (05/08), da oficina de Registros de Enfermagem. O evento deu início à programação do 11º Seminário de Fiscalização do Sistema Cofen/Conselhos Regionais (Senafis) que acontece até sexta-feira, dia 09, em Aracaju/SE e possui o objetivo de discutir novas estratégias para as atividades fiscalizatórias.

Aproximadamente 150 participantes atualizaram seus conhecimentos acerca das legislações e normas do Cofen. Para a coordenadora da Câmara Técnica de Legislação e Normas do Cofen (CTLN/Cofen), Cleide Mazuela, os registros de enfermagem é uma das principais atividades dos profissionais de enfermagem e devem ser executadas da forma correta. “Apesar de ser uma atividade diária, muitos profissionais esquecem de agir corretamente. Na prática, é comum encontrar prontuários sem registros o que não propicia defesa alguma para esses profissionais”, disse a coordenadora enfatizando a importância desses profissionais fazerem reflexões sobre o tema objetivando uma assistência segura e livre de riscos, para em seguida, negociar com os gestores o aspecto do dimensionamento.

Dinâmica de grupo.

No turno da tarde, os participantes assistiram uma palestra sobre Procedimentos Operacionais Padrão (POP) para Atenção Básica, ministrada por Rachel Cristine Diniz, membro da CTLN e do GT POP’S. Na oportunidade, o público presente participou de uma dinâmica, onde analisaram e propuseram alterações de modelos de POP’S.

 

 

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117