20/06/2020

Fiscalização do Coren-SE retorna ao Hospital Regional de Socorro

Instituição de saúde não apresentou evolução em alguns pontos. Serão adotadas ações cabíveis para garantir as resoluções

Mais uma fiscalização foi realizada no Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro pelo Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE). A visita tratou de verificar as adequações solicitadas para correção dos pontos falhos observados na última inspeção da instituição de saúde.

Realizada na última sexta, 10/06, pelo conselheiro e coordenador da Comissão de Gestão de Crise (CGC) do Coren-SE, Conrado Marques, e pelo enfermeiro fiscal do Conselho, Evaldo Lima, a fiscalização constatou que o Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro não apresentou evolução com algumas das requisições previamente realizadas.

Dentre os pontos constatados, estava o déficit no quadro de profissionais necessários. É imperativa a contratação de mais 5 enfermeiros (as) e 25 técnicos (as) de enfermagem para a área reservada para atendimentos de casos do novo coronavírus (Covid-19).  “É lamentável que, após os últimos períodos, com tantos aprendizados, ainda encontremos estas falhas”, revela Conrado Marques.

Também não foi operacionalizado o pronto-atendimento para pacientes suspeitos e/ou confirmados de Covid-19, mesmo com processo seletivo em aberto. Além disso, não foram colocadas em práticas as capacitações requeridas. Muitos profissionais de enfermagem presentes no ato da fiscalização questionaram sobre a escassez de treinamento.

A equipe do Coren-SE aproveitou a oportunidade para distribuir 150 máscaras N95/PFF2 aos profissionais que atuam na instituição de saúde e garantir que encaminhará as observações de inconformidades aos órgãos competentes e tomará as devidas providências para garantir a resolução das irregularidades.

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117