16/01/2019

Entidades da Enfermagem se reúnem com a deputada Goretti Reis para falar sobre as “30 horas semanais”

Conselheiros do Coren-SE e a presidente do Seese estiveram reunidos

Conselheiros do Coren-SE e a presidente do Seese estiveram reunidos nesta segunda-feira, dia 14, com a deputada Goretti Reis, que também é enfermeira, para discutir sobre o Projeto de Lei que regulamenta as 30 horas semanais para os profissionais da Enfermagem em Sergipe.

A deputada ressaltou que sempre esteve engajada na defesa dos interesses dos profissionais da enfermagem e que é necessário apoiar todos os movimentos voltados para a regulamentação da jornada de trabalho. Na ocasião, ela comprometeu-se em fazer um estudo técnico de dois projetos de lei sobre o tema que estão arquivados na casa legislativa, para decidir se dará continuidade a esses projetos ou se apresentará um novo aos parlamentares.

Durante a reunião, o presidente do Coren-SE, Diego Rafael, ressaltou a importância da aprovação das 30 horas. “A enfermagem é uma profissão que precisa de condições especiais para uma prática segura, garantindo uma assistência adequada ao paciente. Defender as 30 horas, é proporcionar mais qualidade de vida para o profissional da enfermagem”.

Há também uma reivindicação nacional pela regulamentação da carga horária. Atualmente o PL 2295/2000 está na Câmara dos Deputados, esperando para entrar na pauta de votação. “Somente com ampla mobilização das entidades representativas da enfermagem, seria possível incluir esse tema na pauta do Congresso Nacional”, ressaltou o conselheiro, José Cícero de Alcântara.

Estiveram presentes na reunião o presidente, a secretária, a tesoureira e o conselheiro do Coren-SE, respectivamente, Diego Rafael, Clarice Mandarino, Tânia Maria dos Santos e José Cícero de Alcântara, e a presidente do Seese, Shirley Morales.

 

Fonte: Ascom/Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117