26/02/2019

Coren-SE, entidades da enfermagem e deputados estaduais se reúnem com a SES em prol das 30 horas

O Conselho Regional de Enfermagem está atuando em diversas frentes a favor das 30 horas semanais.

Na tarde de hoje, (26/02), o conselheiro Conrado Marques esteve reunido com deputados estaduais, representantes das entidades de Enfermagem e o secretário de estado da saúde, Valberto Lima.

Organizada pela deputada estadual, Goretti Reis, a reunião ocorreu na Secretaria de Estado da Saúde (SES) e teve como objetivo discutir a necessidade da aprovação do Projeto de Lei de sua autoria, apresentado ontem (25/02) na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), que solicita a jornada de trabalho de 30 horas semanais aos profissionais de enfermagem que exerçam as funções no poder público, fundações, rede privada e filantrópica em Sergipe. Os parlamentares Georgeo Passos, Kitty Lima e Janier Mota também participaram da reunião, estão envolvidos com o PL e decretaram voto favorável.

O secretário Valberto Lima informou que nada impede o Estado de realizar um levantamento minucioso de impacto financeiro para estudar a possibilidade de fazer com que o projeto vire realidade. “Acho extremamente importante a execução deste projeto, já temos conhecimento de que outros estados estão em negociações avançadas com as categorias. Até o momento foi realizado um levantamento sobre as escalas de serviços. Agora nós vamos fazer um estudo do impacto financeiro observando o que as possíveis alterações venham causar e apresentar ao governador”.

O Coren-SE está atuando em diversas frentes a favor das 30 horas semanais. De acordo com o conselheiro Conrado Marques, a regulamentação da jornada de trabalho já é realidade em mais de 100 municípios brasileiros, 10 estados e 03 capitais, entre elas São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

“Apesar de ser uma reivindicação histórica dos profissionais de enfermagem, outras categorias da saúde já conquistaram a regulamentação da jornada de trabalho. Não pode e não deve ser diferente com a Enfermagem! Desta forma, estamos articulando com as demais entidades representativas das categorias, o apoio dos parlamentares estaduais para que se sensibilizem com as pautas da enfermagem”, disse Conrado.

Na ocasião, foi formada uma comissão para acompanhar o levantamento feito pela Secretaria de Saúde que será apresentado no dia 15 de março. São membros desta comissão: o coordenador de RH da Secretaria, Gabriel Santana, a deputada Goretti Reis, o conselheiro Conrado Marques, as diretoras do Seese, Silvana Góis e Sheila Morgana, as representantes do Movimento das Ativistas da Enfermagem (MAE), Izabelita Alves e Alneide Souza e o diretor do Sintasa, Marcos Menezes.

 

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117