09/02/2019

Coren-SE desinterdita eticamente o serviço de enfermagem do Hospital Municipal Fernando Franco

A desinterdição ocorreu após a SMS de Aracaju realizar todas as adequações estruturais apontadas pela Comissão de Sindicância do Regional.

Após a Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS) solicitar a desinterdição ética dos serviços de enfermagem do Hospital Municipal Fernando Franco, o Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE), realizou na tarde de hoje (09/02) uma nova inspeção no estabelecimento de saúde.

Na ocasião, o presidente do Coren-SE, Diego Rafael, acompanhado do procurador jurídico, André Kazukas, e do enfermeiro fiscal, Evaldo Lima, constataram que as irregularidades que motivaram a interdição ética, tinham sido sanadas.

O Coren-SE no uso de suas atribuições legais e regimentais, representado pelo presidente Diego Rafael, decidiu suspender a interdição ética das atividades desenvolvidas pelos profissionais de enfermagem.

A SMS realizou todas as adequações estruturais apontadas pela Comissão de Sindicância do Coren-SE nos setores de Pediatria, Sala de Medicação Rápida, Central de Material e Esterilização (CME) e das Observações Masculina e Feminina.

A interdição ética, de modo parcial, foi decorrente de obras inacabadas e não conformidades que geravam possíveis riscos de segurança aos pacientes e profissionais de enfermagem.

 

Fonte: Asccom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117