- Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe - http://se.corens.portalcofen.gov.br -

Coren-SE acompanha eleições da Comissão de Ética de Enfermagem

[1]

Profissionais da enfermagem participando da eleição da CEE.

O Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE) está acompanhando as eleições para formação da Comissão de Ética de Enfermagem (CEE) dos estabelecimentos de saúde de Aracaju e nos demais municípios. A constituição da CEE é definida por meio de eleição direta e secreta ou por meio de designação, obedecendo aos critérios específicos da Resolução Cofen nº 593/2018. [2]

Conforme a Resolução citada acima, torna-se obrigatória a criação e funcionamento de Comissão de Ética de Enfermagem em instituições com no mínimo 50 (cinquenta) profissionais de enfermagem em seu quadro de colaboradores.

[3]Das 30 instituições de saúde sensibilizadas pelo departamento de Comissão e Ética do Coren-SE, 06 já realizaram a eleição. A conselheira Camila Santana e a membro Kamila Rocha, estiveram nos Hospitais Universitários de Aracaju e Lagarto, Gabriel Soares, Primavera, Unimed e SAMU, para verificar a eleição.

Posteriormente serão validadas às eleições, enviado os resultados ao Conselho para homologação dessas comissões. Após a homologação do resultado pelo plenário do Coren-SE, é agendada a posse dos candidatos eleitos. O mandato da comissão será de três anos (2019-2021).

[4]A tarefa de uma CEE, conforme a Decisão Coren-SE nº 038/2018 [5], é sensibilizar e educar os profissionais da Enfermagem para as questõeséticas da profissão. Seus membros são eleitos para debater e regular as relações internas, podendo prevenir, inclusive, processos éticos junto ao órgão de classe. As comissões têm um caráter conciliatório, preventivo e educativo.

 

 

Fonte: Ascom / Coren-SE.