26/04/2019

Após fiscalizações do Coren-SE, FHS contrata 95 profissionais de enfermagem para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes

Um dos principais objetivos da atual gestão é estreitar o diálogo com os gestores para promover uma assistência segura à sociedade e ao ...

A chefe do Dep. de Fiscalização, Bárbara Tavares acompanhada da enfermeira RT, Andrea Ferreira e da enfermeira fiscal, Nívia Fabiana da Silva.

Na manhã desta sexta-feira, dia 26, a enfermeira Responsável Técnica (RT) da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, Andrea Ferreira, esteve na sede do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE) para apresentar ao departamento de fiscalização uma lista com a relação dos novos contratados que já estão desenvolvendo suas competências no estabelecimento de saúde.

Um dos principais objetivos da atual gestão (2018/2020) do Coren-SE é justamente intensificar as fiscalizações do serviço de enfermagem, estreitar diálogo com os gestores, com as instituições e os profissionais RT’s, a fim de promover uma assistência segura à sociedade e aos profissionais.

Como fruto desse trabalho, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por intermédio da Fundação Hospitalar da Saúde (FHS), enviou mais 22 enfermeiros e 53 técnicos de enfermagem convocados pelo Processo Simplificado Seletivo (PSS) à Maternidade, totalizando 95 profissionais de enfermagem contratados no período de dezembro de 2018 à abril deste ano.

De acordo com a enfermeira RT, a parceria estabelecida entre Coren-SE e a Maternidade foi de fundamental importância para a chegada desses profissionais.

“Muitas pessoas enxergam o Conselho como órgão fiscalizador para apenas punir. Mas esse não foi o foco da equipe de fiscalização. Além de inspecionar, os enfermeiros fiscais nos orientaram a realizar todos os procedimentos da Enfermagem conforme as Resoluções do Cofen”, disse Andrea complementando que a equipe de fiscalização do Coren-SE a ajudou na realização do cálculo de dimensionamento. “Vocês identificaram a necessidade da contratação de mais funcionários e nos ajudaram nesse processo, nessa mediação entre a SES e a FHS. Isso é de grande valia”.

Apesar das contratações, o dimensionamento da equipe de enfermagem ainda não atende a Resolução Cofen nº 543/2017. Dentre outras inconformidades constatadas na última fiscalização realizada no dia 29/03, a maternidade ainda precisa implementar em todos os setores, o Processo de Enfermagem (PE) cumprindo todas as suas etapas.

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerTransparencia 207x 117
  • bannerConvenio207x117
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • e-dimensionamento-207x117