01/10/2020

30 horas já: Coren-SE se reúne com vereador de Aracaju

Objetivo da reunião foi acompanhar o andamento do pedido de regulamentação da jornada de trabalho dos profissionais

Na tarde desta quinta-feira, 01/10, o presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE), Diego Rafael da Silva Borges, se reuniu com o vereador e vice-presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Thiago Batalha, que enviou indicação destinada ao prefeito da capital sergipana, Edvaldo Nogueira, no dia 23/09, solicitando um Projeto de Lei (PL) que regulamente a jornada de trabalho dos profissionais de Enfermagem para 30 horas semanais, assim como ocorreu sob orientação do Coren-SE nas cidades de Porto da Folha, Feira Nova e Poço Verde.

Na reunião, solicitada pelo Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe, foi possível compreender o andamento do pedido, bem como quando a indicação irá ao plenário. De acordo com o Vereador Thiago Batalha, a indicação será lida no próximo expediente, na Câmara de Vereadores, e em outra sessão plenária será proposta para votação. “Neste dia será importante que profissionais de enfermagem acompanhem e participem, virtualmente e presencialmente, para solicitar que os representantes do povo aprovem esta decisão tão importante”, alerta o presidente do Coren-SE.

Na ocasião, o vice-presidente da Câmara de Vereadores convidou o Coren-SE para defender o projeto em plenário. Ainda na oportunidade, o representante do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe também indicou a presença do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Sergipe (SEESE) e outras instituições de categoria que têm desempenhado papel importante nesta luta.

Na reunião, Thiago Batalha se mostrou muito sensível à causa e se colocou à disposição para dialogar com a secretária de Saúde do Município, Waneska Barbosa, para tratar do assunto e estudar uma forma para que o executivo demonstre-se favorável à proposta.

 

A PROPOSTA

O vice-presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju reconheceu que o serviço prestado pela categoria exige muito dos profissionais. “Há um desgaste físico e emocional, uma grande fadiga. Precisamos colocar em prática esta regulamentação. A lei que poderia tratar disso, para mim, já é defasada”, destaca Thiago.

O presidente do Coren-SE, que vem dialogando no decorrer deste ano com outros parlamentares, reconhece que este é um passo extremamente importante, porém, que precisa da união para alcançar a almejada conquista. “Precisamos que os poderes executivos atuem em prol dos nossos profissionais e da sociedade. O mesmo deve ocorrer com o legislativo. As instituições de classe precisam se unir, pressionar o andamento dos projetos, os profissionais de Enfermagem precisam cobrar dos parlamentares que elegeram e ainda precisamos contar com a ajuda da população. Unidos teremos vitória!”, enfatiza Diego Rafael.

Como informado, o pedido já foi protocolado ao legislativo e resta aguardar os próximos passos. “Tenho certeza que aprovaremos em grande maioria ou unanimidade, e tudo isso com urgência, para que possamos garantir esta importante conquista para os profissionais de enfermagem”, prevê Thiago Batalha. O Coren-SE acompanhará todo o processo.

 

Fonte: Ascom Coren-SE




  • bannerConvenio207x117
  • bannerTransparencia 207x 117
  • e-dimensionamento-207x117